Acabou o café!

Costumam me chamar de “cafoólatra”! Realmente não sei viver sem café! Tomo em média uns dois litros de café por dia, sempre com um cigarro na boca, vício imbecil, mas o café nunca pode faltar. Para piorar, parei de beber, e tive deliberadamente que descarregar toda a minha ansiedade com o consumo exagerado de café.
Estou há dois dias subindo pelas paredes, pois a cafeteira italiana da minha casa quebrou, caiu a borracha que enrosca a tampa e o café não sobe de jeito nenhum. Tem sido difícil administrar esse problema.
Sim, a situação mais fácil é a de ir comprar outra, mas até chegar ao ponto de tomar essa decisão, tentei de forma frustrada várias vezes preparar um bom e grosso café, que ao invés de subir para a parte de cima da cafeteira, esparramou todo o líquido em volta do fogão.
Mas o que penso neste momento é a tal dessa dependência da cafeína. Nunca antes podia imaginar que isso me fizesse tanta falta. Já é uma situação robótica eu me dirigir ao pote onde tem o pó do café, desenroscar a cafeteira, colocar o pó dentro, e acender o fogo, esperando ansiosamente os cinco minutos para ficar pronto.
O meu vício é do produto e da artimanha do fazer…
Dizem que eu não tomo café e sim xarope de café. Pois encho o reservatório de colocar o pó até o máximo possível, e no final ele vem encorpado e grosso, uns diriam que até roxo. Mas o café alivia o meu stress. O meu emocional hoje está em tomar café e fumar cigarros.
Resultado de tudo: sem válvula de escape para furar a ansiedade, tive que atacar nos ansiolíticos e meu sono parece que acordou… Sim, meu sono acordou… Ele se fez presente por dois dias, deito para dar uma cochilada, e quando vejo já são duas e meia da manhã. Descompensei todo o meu fuso horário orgânico.
Estou seriamente pensando que essa é uma boa oportunidade de eu parar de tomar café, quem sabe mais três dias e a abstinência desse maravilhoso produto da humanidade vá embora?
Já nascemos com os nossos vícios de ter que se alimentar e de beber água, e procuramos ou somos achados por outros ao longo da vida… Queria poder me libertar de todos de uma vez, mas acho que primeiro as primeiras coisas…
Pelo menos o café não entorpece!
Anúncios

3 comentários

  1. Eu tomo café duas vezes por dia,e todos da minha família comentam que eu tomo demais. Prcure pelo menos diminuir,pois café demais faz mal,eu sei que você consegue!!!diminua também o cigarro,aos poucos você vai se libertando dessas coisas que não fazem bem. Joana Raposo

    Curtir

  2. Giba, na ultima gaveta da cozinha tem a borracha para substituir. Nao precisa comprar una cafeteira nova. De todo jeito, diminua o consumo de cafe. Seu organismo vai agradecer. Um beijo da sua irma Rosinha.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s