Revolução por convicção…

O Mano de Sampa é um amigo surreal. Sim, se chama Mário, e tem teorias conspiratórias sobre a espiritualidade humana, a materialização da consciência e outras divagações profundas… Mas ontem percebi outra vertente dele!
Estava escutando o noticiário esportivo às seis da noite, quando chamam no meu skype, sempre deixo o skype ligado para as pessoas que quiserem trocar idéias comigo, consigam me achar facilmente. Portanto o atendi, e ele estava bastante argumentativo, afim de trocar umas idéias.
“Ok Mário, como andas”?
“Velho, nós temos que soltar os presos de todos os presídios e sequestrar o governador, essa é a solução Mano”!
Percebi que ele estava um pouco inspirado, e gosto quando as pessoas estão inspiradas, portanto argumentei com ele, disse que a luta armada havia acabado, a ditadura, enfim, disse que era uma atitude bem radical.
Imediatamente, Mário contra atacou, dizendo que não deviam assaltar bancos, gente no meio da rua, casas, pois quem pagava o preço de toda a desgraça social era o governador, então ele seria o alvo perfeito para levantar dinheiro pela causa…
“Que causa”, argumentei?
Sim, a causa dele era a de levantar o movimento da Anarquia, implementar de uma vez por todas o movimento aqui no País. Sim, concordei, a Anarquia seria uma boa.  
Se era para sobreviver em uma sociedade hipócrita, que libera drogas deliberadamente como o álcool, que vende a nicotina, mas aumenta todo o mês o preço do tabaco, com impostos e juros altíssimos, melhor seria comprar cigarros no mercado negro, sairia mais barato! A Anarquia seria uma boa, mas teríamos que chegar em um consenso. 
O diálogo começou a fluir…
A Anarquia moderada seria uma melhor solução, concluímos, uma Anarquia onde tudo seria liberado, mas que gerasse emprego para Assistentes Sociais e Psicólogos, sim, isso era o que o governo deveria investir. Foi essa a conclusão das nossas argumentações filosóficas, depois de três horas de conversa, numa materialização social que entendo ser bastante significativa. Conversar com pessoas que pensam diferente da maioria, é uma coisa que me dá muito prazer.
Nos despedimos e resolvemos refletir sobre o tema para argumentar depois com mais calma hoje.
Seria possível uma Anarquia moderada? Isso não seria contradição linguística?
Estamos aí para a reflexão…
Anúncios

4 comentários

  1. Minha esperança era que uma anarquia fosse possível ao menos no mundo espiritual, mas ao que tudo indica, existe um sistema, pior que o estatal inclusive no mundo espiritual, e parece ser impossível sequestrar entidades mais evoluidas para atenderem nossas reivindicações… Aos meus olhos o que nos resta é investir na educação das crianças tentando fazer delas seres livres pensantes enquanto a magia da ingenuidade e da ignorância prevalecem em seus mundos. Pois como amigo Giba disso no outro artigo, chega uma hora que nos encontramos no palco da vida e não temos mais escolha, temos de enfrentar esse mundo cão e a triste realidade da evolução eterna, da qual não se escapa…

    Saudações Revolucionárias Mario Caseiro

    Curtir

  2. Como se pode dizer, é que anarquia nenhuma seria possivel sem com o mundo de hoje. Afinal, já vivemos em um ambiente tao liberal que da dó de se viver''!

    Carlos Farias!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s