Uma pausa

Acredito profundamente que todos nós precisamos de alguns minutos do nosso início over do stress predatório, aqueles momentos em que parece que uma avalanche de circunstâncias desfavoráveis começam a acontecer em escala.
Sim. Uma pausa. E é agora, nesse exato momento que dou uma pausa em tudo. Paro para escrever as linhas do meu blog e faço uma tremenda terapia. Acredito que todos possuem as suas terapias, seja com um copo de cerveja na mão, ao fotografar, pintar, mas para mim, é aqui digitando as linhas do meu blog, que encontro ela.
Sinto que prazeres da vida como o de fazer um prato de comida e saborear uma boa refeição, não estão compatíveis comigo. Apenas doso os condimentos necessários para que entre em meu sangue a força necessária para me sustentar até a próxima alimentação.
Portanto antes dessa pausa, tomei um copo de leite e comi um pedaço de peixe que sobrara de ontem. Esse foi o meu café da manhã. Irei me sustentar para as leituras, e-mails e atividades que terei que fazer pela manhã.
A segunda começa com um sol maravilhoso, e depois que estou acabando de escrever essas linhas, a minha pausa propriamente dita, sinto que o alívio começa a tomar conta do meu corpo. 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s