O marujo no Cais da Sagração

O velho marujo tem que levar o seu barco para o Cais da Sagração. A maré está bastante agitada, mas ele é um lobo do mar.

E para tanto, suas velas estão por se rasgar. O leme está quase se deslocando do barco.

Mas ele é valente!

Por um momento acha que sua embarcação vai naufragar, porém ele é ágil o suficiente, dará o seu jeito.

E como um milagre, as ondas e o vento param de agitar o seu velho barco.

O tempo abriu…

Na verdade, no Cais da Sagração esses milagres acontecem.

Ele ruma com todos os seus entulhos que foram devidamente alojados no seu barco, rumo ao destino certo.

As encomendas serão entregues e o velho marujo mais uma vez cumprirá o seu destino.

Não é o mar que o levará para falar com o barqueiro…

Ele é por demais preparado para não morrer na água.

Mais uma missão cumprida. O velho marujo vai agora encontrar uma prostituta e tomar um bom vinho em terra firme! Vai comemorar a sua missão árdua de não ter sucumbido em águas maranhenses.

Ele é invencível!

Anúncios

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s