A vida sob doses

Por pouco não ultrapasso o limite admissível da dosagem do néctar dos zumbires do espectro da vida.

Ainda me restam alguns neurônios para utilizar nesse caminho de espinhos por que tenho de passar.

E o caminho é longo…

Estou aqui, em plena madrugada, divagando acerca de minhas aventuras do mundo dos princípios mundanos da dosagem correta.

Mais uma dose, é claro que eu estou afim…

E assim vou deslumbrado caminhando para o sono hibernal, aqueles que não tem hora para acabar.

Mas antes tenho que acabar o texto…

Acabo dizendo que estou em paralisia  parcial das minhas atividades…

Nada que não dê para escrever algumas linhas, nada que não me faça avançar no raciocínio.

Mas é preciso prudência, isso sim,  muita prudência!

E assim vou esperando o dia amanhecer!

Anúncios

Um comentário

  1. Eu lamento muito sua situação. Jamais pensei que sua vida seria assim. Desculpe-me pela parte que me toca!
    Continue forte! Não desista!
    Mainha.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s