A dosagem do portador da ST

É bem certo que eu possua dentro de potinhos de dia e de noite os comprimidos necessários para combater a minha Síndrome de Tourette.

Porém às vezes é necessário uma dosagem extra. Hoje, depois de muito tempo, acordei com pensamentos negativos e pessimistas.

Não tive outra alternativa senão a de tomar mais uma dose de Clonazepan e outra de Pregabalina. São dois ansiolíticos potentes, o primeiro um benzodiazepínico.

Esperei quarenta minutos, ainda estava com o transtorno, mas uma conversa com minha esposa, seguida de uma ligação para outro portador do Rio de Janeiro, fizeram com que as coisas equilibrassem.

Agora estou mais tranquilo, os pensamentos negativos foram embora.

Essa vida de portador é assim mesmo. Tento ao máximo não ter que entrar na vibe do antidepressivo. Por enquanto estou conseguindo controlar esses meus transtornos sem a utilização deles.

E a vida segue, agora estou complementando a minha liberdade prisional cerebral, teclando um pouco para vocês, passando minhas experiências.

Estou bem, e agora vou dar seguimento aos meus compromissos do dia.

É sempre bom ter uma forma de driblar essas ciladas.

Anúncios

Um comentário

  1. Tenha fé em Deus,graças a ele você tem como se tratar,enquanto tem tanta gente com problemas que não tem como se tratar. Tenha fé em Deus e fique na paz.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s