Vamos enlouquecer?

Uma maneira de esconder toda a frustração de uma situação eminente, é a de usar de substâncias que o tirem da normalidade.

Oi, falei de normalidade?

E que padrão devo adotar para definir essa normalidade?

Existem padrões e padrões…

Eu apenas em doze horas, tive uma interação de três cabeças (contando com a minha) que não estão nesta “dita” normalidade.

E as pessoas se questionam, as pessoas se frustram…

Daí para quem pode fugir disso tudo faz o que bem entender. Acabei de falar com um amigo que vai para um festival de cerveja artesanal. Isso porque quando falei com ele de onze da manhã, hora em que ele acordou, ele estava de ressaca do dia anterior.

Isso é normalidade?

Então respeitem as quatro quietiapinas que resolvi tomar subitamente, pois quero tirar  eu cérebro da normalidade.

E eu estou conseguindo isso!

O que não se faz a dois se faz a um, não é?

Portanto que cada um faça o seu, desde orgasmos individuais a chapações de fármacos ou etílicas, procurem o que te dá prazer no momento.

Então vamos em frente. Tudo é um teatro da normalidade absorta pela doidice. Cada um possui as suas, isso é o bem da verdade.

No íntimo, lá no íntimo, somos todos completamente maulcos e  chapados!

Vamos enlouquecer?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s