As bestas feras que povoaram o meu imaginário infantil

Sempre fui um cara que gostou de filmes de terror. Principalmente aqueles onde tinham os lobisomens.

Drácula cansei de ver, as suas mais variadas versões, mas de fato o que me colocava medo era esta besta fera que povoava o meu imaginário infantil.

Meu vizinho  que é hoje um grande amigo, o Ricardo, assistia a filmes de terror comigo. Na época, tinha um programa de terror nas terças feiras, de madrugada, e sempre combinávamos de ver filmes juntos.

E cada vez um via na casa do outro.

Os lobisomens me deixavam de cabelo em pé!

Ficava totalmente aterrorizado com as suas mais variadas estórias, e sempre que não era Drácula era esta besta fera que me deixava completamente paralisado em pensamentos apavorantes.

Me lembro uma vez que fui ver um filme de lobisomem na casa de Ricardo, e ao voltar pelo muro da minha casa, cheguei tão apavorado que não fechei direito a varanda do andar de baixo.

Deitei na cama de luz acesa, não conseguia dormir em hipótese alguma, e de repente o vento começou a bater na janela lá em baixo.

Surtei…

Fui chamar o meu pai, disse que as criaturas da noite estavam invadindo nossa casa, ele ouviu evidentemente o barulho da porta da varanda bater com o vento.

Pegou a arma dele achando que era ladrão, e desceu para verificar, com medo evidentemente. Mas o seu medo era outro…

Fez uma varredura, e constatou que na verdade eu não havia fechado a porta direito.

Levei aquele “esporro!”.

Bem, fui crescendo e aquele seriado da terça feira acabou.

O bem da verdade é que de fato hoje não tenho medo desta figura do imaginário das pessoas que gostam de filmes de terror.

Hoje eu não gosto mais de filmes de terror. Lobisomem é coisa do passado.

Ma a verdade é que as estórias estão aí sendo contadas na sétima arte, e acho até que essa figura mítica saiu de moda.

Mas gosto de lembrar de quando eu tinha medo dessas baboseiras que passavam na televisão.

Acordei exatamente às três da manhã, resolvi escrever um post diferente.

Pois que fique registrado aqui o meu medo dessa besta fera que era moda na minha idade infantil. Sou de fato uma pessoa com uma cabeça que vai além do imaginário.

Sou um cara cético em várias coisas hoje.

Porra, tenho quase 47 anos, não posso mais me dar ao luxo de ficar aterrorizado com essas baboseiras, não posso mais ter medo de lobisomem!

Portanto resolvi escrever esse post, pois que fique aqui o registro de que eu realmente fui aterrorizado durante anos com este “cabra” que está nessa foto aí.

Vou esperar o dia amanhecer.

Que o poder divino me proteja!

2 comentários

  1. Boa tarde meu amigo medroso…(rs)
    Saiba q, acredito eu, todos nós passamos por esta provação. Os filmes de terror de antigamente, a ficção estava apenas no exagero das lendas urbanas, não em efeitos super especiais. Claro q esses efeitos existiam, mas com menos recursos. O Lobisomem, O Drácula, Sexta-feira 13, A Hora do Espanto, Freddy Krueger, entre tantos outros, foram sucesso em todo o mundo. Hj, o medo do terror é outro, A Invasão do Mundo, Zona Verde, A Batalha de Los Angeles, 2012, Invasão a Casa Branca… Ainda bem q os Clássicos do passado nunca morrerão, Aliens por exemplo, o último foi terror puro!
    É nobre amigo, cada dia mais ficamos no passado, à espera de uns “remakes”, ou mesmo das reprises. O tempo passa e com ele aprendemos a nos moldar a realidade, no passado o “boom” era o 3D, hj essa tecnologia é coisa do passado, hj eu nem sei mais o q existe de mais moderno nas telonas. Realidade Virtual, telas q quase engolem vc, cadeiras de vibram em compasso com o filme… aonde isso irá parar?!
    Essa resposta não sei, só sei q eu paro por aqui. Obg por me fazer viajar no tempo e lembrar q até Michael Jackson fez um vídeo clip de terror, Thriller.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s