Uma temporada no Holiday: segunda edição

Bem gente, já não posso mais esconder de ninguém: vai sair a segunda edição de “Uma temporada no  holiday“, finalmente.

É o segundo livro que lanço com o meu selo independente: “Engedron Literatus”. 

Meu primeiro livro a ter uma segunda edição.

De fato foi uma coisa construída com muito suor.

Tive algumas possibilidades, mas resolvi investi nessa. Fazer uma nova capa, diagramação diferente.

Tudo como manda o figurino.

Não vou revelar o nome, mas eu de fato recebi uma contribuição significativa (uma doação na verdade) de uma empresa européia, que pertence a um primo por parte de mãe.

Ele é meu amigo!

Crescemos juntos, nos vendo esporadicamente em momentos distintos da vida. 

Portanto lógico que busquei parcerias importantes como o da livraria Praça de Casa Forte, a livraria mais charmosa do Recife. Um contrato de exclusividade de venda de todas as minhas obras lá, como também a bilheteria do dia do evento, sem descontar porcentagem.

Eles vão dar a música da casa. Será um MPB energético da Karina Ventura. Será de seis às oito. Depois fecha e os que estiverem lá dentro ficam até às nove.

O dia, 7 de agosto, uma quarta feira. Um happy hour maravilhoso e a expectativa é a de que a casa esteja lotada.

“Uma temporada no Holiday” foi um livro que viralizou no Recife em 2014. Em 2015 já não tinha mais exemplares disponíveis.

Com lançamento em São Paulo e Recife, com a editora carioca que eu tinha contrato na época, a Confraria do Vento, foi um marco que revolucionou o edifício em vários aspectos.

Semana passada eu estava dando entrevista para uma aluna cujo TCC era sobre o Edifício, era do curso de arquitetura e urbanismo.

Portanto eu sempre sou procurado.

Esse hiato que poderíamos dizer de: “ressurgimento” meu, eis que minha mecenas entra com a segunda parte, e finalmente consegui o objetivo.

Talvez não um romance marginal, mas sim social, muitos consideram o meu maior clássico.

Ainda vou ter reunião com o departamento de marketing da livraria, e vamos alinhar nosso objetivo em comum.

Muito contato já foi feito por mim. 

Esperar, rolar convite virtual, aí está tudo resolvido. A fabulosa virtualidade encurta distâncias e difunde rapidamente as informações.

Muito, mas muito feliz!

 

 

 

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s