RESISTÊNCIA

Bem, resolvi soltar outro post agora.

De que importa o tempo?

Amanhã nada funciona mesmo?

Estou apenas aguardando, suavemente, a terça feira chegar, para poder continuar tudo!

E continuar tudo significa para mim: voltar ao SISTEMA!

Já falei, não existe jeito de sair dele, já pensei em todas as possibilidades imaginávis, e conclui: impossível!

Portanto, que ele venha, mas ótimo. Amanhã não tenho absolutamente nada para fazer, e vocês não fazem idéia do quanto isso é importante para mim.

Olha: não tenho hora para dormir hoje… vejam que coisa maravilhosa? É simplesmente magnífico isso. É justamente neses momentos que conseguimos força para preosseguir.

E prosseguir para mim significa, continuar, serenamente, a fazer o que eu mais gosto, que é justamente jorrar quantos textos eu puder, na hora que eu quiser, falando o que eu quiser.

E no momento que eu quiser!

A pasta?

Sim, coloquei o Rock Brasil, e quando coloquei nesta opção, imediatamente estava tocando Cazuza, um dos meus prediletos junto com Renato Russo, e óbvio, o melhor de todos: Raul Seixas!. Que coincidentemente dois foram para o outro plano astral, da mesma forma, e o outro vitimado pelo alcoolismo.

Mas definitivamente, eles são os melhores.

Três poetas completos, que conseguiram encaixar suas letras em músicas com melodias maravilhosas, e que de fato, quando as toca, eu fico do jeito que eu preciso: na brisa.

Este é um post terapia.

TOTALMENTE!

Então todos os que tocam nesta pasta musical, já os vi ao vivo, na minha juventude. Eu tive o privilégio que poucos possuíram, pois quem não nasceu na minha geração, perdeu este privilégio.

E ao vivo é tão elegante?

Estou aqui, serenno, sabendo exatamente o que estou fazendo, porque muitos podem me interpretar mal, porque como já sabem, as minhas abastrações são interpretadas de múltiplas formas.

MAS ESTE TAMBÉM É UM POST DE RESISTÊNCIA!

Entederam?

RESISTÊNCIA!

E com minhas palavras descompromissadas, eu vou jogando aqui e alí, exatamente o que eu quero, da forma que eu bem entender.

Porque se vocês entenderam quando eu utilizei nas minhas abstrações a palavra RESISTÊNCIA, então as abstrações foram para o espaço, e de repente, este post ficou direto, pontual, e muito elucidativo!

Estou aqui, trabalhando, porque evidentemente, isto é literatura virtual.

Olha:, começou a tocar o que?

Tentem adivinhar?

Legião Urbana!

Não falei, comecei o post com Cazuza, e acabo ele com o Renato Russo…

A música?

Mais apropriada para eu definir explicitamente o que defino como RESISTÊNCIA: “Que País é esse.”!

Preciso digitar mais alguma coisa? 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s