Meu conceito de liberdade

Olá gente, se já passou da meia noite, então já é segunda feira.

O que a democracia brasileira decidiu, está decidido.

Vida que segue.

Eu na verdade quero mesmo é conversar amenidades com vocês, sabe.

Se de repente aparecer um mote do nada, até estou disposto a dissecar. Mas a minha intenção aqui é descontrair. Se eu não tomar a minha medicação de dormir, eu não durmo. Talvez um privilégio que muitos não possuam, a maioria absoluta, porém diante de tantas substâncias químicas que destroem meu fígado, pelo menos eu tenho uma coisa favorável!

Amem!

Assim seja!

De repente me deu vontade de ver o sol raiar mesmo, posso me dar ao direito de determinar exatamente quando quero dormir.

Esse  bonequinho que eu escolhi, coloquei na busca das imagens a palavra: liberdade.

E na hora que bati os olhos nele me apaixonei.

É isso aí galera, finalmente acabou, estava muito cansativo tudo isso.

Sei que tenho trabalho a fazer, mas empurro a agenda para a tarde,  e resolvo TUDO!

Se sou versátil, então tenho que utilizar as minhas habilidades a meu favor, evidentemente.

Olha aí, surgiu um mote. Mas pera, antes de eu dizer qual foi, antes a tradicional pasta musical: anos 80. A mais suave de todas, e de certa forma a da MINHA geração.

Vi todas essas pessoas ao vivo, no auge, desde os 16 anos. Olha, fui para muito show de rock. Nem vou enumerar aqui. Quem é da minha geração sabe, quem não é pesquisem, ouçam.

Estou sereno e isso é o que importa.

Não esqueci de dizer o mote não, lá vai: liberdade!

A palavra que eu coloquei na busca para capturar gratuitamente esta imagem.

Meu conceito de liberdade é: isso por exemplo.

Nem sei como vai acabar esse texto, mas na minha exata respiração, 1:12h.

E liberdade é sinônimo de certa forma, talvez um sinônimo de grau de parentesco de quarto grau de PAZ.

Gente, amor no coração de vocês, é só isso que sempre existiu no meu, e continuará existindo. Eu não participo do discurso do ódio.

Portanto eu acho que eu já me perdi do meu mote central. Vou voltar agora.

Liberdade é um pássaro voar em paz, liberdade é decidir ver o sol raiar, faltar o emprego se assim o entender, no meu caso, como a agenda é minha nem preciso falar mais nada.

Sou vítima do sistema, sempre disse e reafirmo. Mas tou fora desse esqueminha de bater o ponto no horário comercial.

Afinal, me livrei pelo menos dessa, não concordam?

Puts, eu mereço gente.

Sou livre, apenas isso.

E liberdade é exatamente isso: ser livre, se sentir livre.

Eu me sinto livre, porque não me sentiria?

Sou um cidadão do bem, óbvio que tenho as minhas convicções, e acima de tudo, é preciso ser dito que uma das minhas maiores convicções é a democracia.

Pronto, o povo escolheu.

Levantar a poeira, e vida que segue.

Pois liberdade é o que vou colocar na frase só do próximo parágrafo….

Eu preciso temer alguma coisa?

Sou livre gente.

Já até devo ter falado, em outro post, não me lembro, mas se veio à minha mente e achei adequado colocar, vou colocar de novo: já tenho 6 livros, para todos os gostos, e todos disponíveis para venda.

E decidi que não mais escreverei livros.

Pronto.

É uma decisão que só interessa a mim.

Gente, olha aqui, estou exercendo o meu maior prazer agora, notem, estou fazendo literatura, isso eu não paro. Apenas virtual, e num formato de Blog.

Portanto não parei de escrever, apenas livros, já deu!

É tão charmoso hoje dizer que é blogueiro?

Já tou nessa pegada há seis anos e só me dei conta disso ontem?

Sim, sou blogueiro profissional, e em todas as mudanças dele, estéticas, técnicas, todos os textos migraram. E eu só me dei conta disso ontem?

Mas querem saber, não dou a mínima para essa denominação.

Isso aqui é prazer, terapia, amor, tenho seguidores e a eles é que devo me dirigir, falar, não vou parar em hipótese alguma.

Quer maior expressão de liberdade do que foi dito neste parágrafo, aí logo acima?

Pronto, sou livre pow, e ponto final.

E mesmo só no fim deste post que eu tenha utilizado abstração, foi dto e entendido.

Meus seguidores me lêem porque me entendem.

Pronto, agora disse tudo.

Acho que vou ler o que digitei, mas antes vou fazer xixi, e reler tudo quantas vezes achar necessário, para saber se o publicarei ou não.

Pois liberdade é até tomar essa decisão.

Posso escrever e guardar no meu arquivo confidencial aqui.

Aqui só sai se eu entender que chegou o momento de teclar na opção : PUBLICAR!

Levantar a poeira, sou libertário e livre!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

ESTE É O MEU CONCEITO DE LIBERDADE!

Agora sim, um final elegante, suave, sereno, LIVRE…

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s