Eu já recusei a Academia?

Os olhares estão estranhos.

Acredito que os olhares e as observações mudaram, as suas retinas são nítidas ao se comunicarem entre olhares e observações, as falando através de seus corpos, gestos, e que ficam explícitos ao meu observar, no meu “clic”  Artístico.

Gente, já vi coisas horríveis nas redes sociais, estou apenas querendo fazer uma observação do que entendo esta nova realidade depois de tão conturbado momento que o Brasil passou.

A poeira abaixou.

Este não é um Post político, quero evidenciar isso desde já, ok?

A minha atuação é na área cultural, e sou completamente a favor da DEMOCRACIA, portanto como cidadão brasileiro, acompanho com atenção o que os nossos novos Ministros já nomeados estão falando, pois sou brasileiro e politizado, e tenho o dever cívico de o ser, com orgulho, não defendendo bandeiras.

E já os vi que entendem com convicção que conseguirão dar um jeito no País.

E evidentemente que mesmo estando na área cultural, acompanho e torço realmente para  que essas convicções de fato resolvam nosso arruinado Brasil.

E acredito, e tenho que acreditar.

Pois sou brasileiro, e com orgulho!

A proposta deste Post é outra, ok?

Mas tive que dar todas essas considerações iniciais para que fique bem óbvio!

O que queria falar lá no começo, foi justamente voltando para a área cultural, que evidentemente, por ser escritor, músico e compositor, e também sou conhecedor profundo de esferas artísticas, por possuir justamente esse “clic” Artístico, detectei isso. Atualmente tenho me aprofundado mais em estudos de Arte Contemporânea.

Continuo a me qualificar, pois quero morrer aprendendo, fora todos os títulos que possuo, mas na verdade só os coloco em Releases para Jornais, nas coisas que estou envolvido, na área cultural, pois é necessário se passar o seu conteúdo, para a redação aceitar a proposta de pauta enviada.

Em outras palavras, não os colocarei aqui, pois não dou nenhum valor a títulos, e sim ao conhecimento que eu tenho para ofertar, para os que acreditam que eu possa ofertar.

Portanto por tudo dito, evidentemente que se tenho este “clic” Artístico, e de repente esta observação visual que percebi, me deu um “start”, e resolvi registrar estas observação, dos olhares das pessoas?

Estou vendo entusiasmo, outras coisas completamente diferentes, sob o meu ponto de visão ocular, de retina mesmo, pois de fato é tão complexo, que não tenho como dimensionar para vocês, pois de fato teria que dar detalhes, e daí entraria no viés que não quero entrar.

Fundamentalmente, culturalmente, artisticamente falando, os gestos, as atitudes, as convicções, e preciso registrar isso aqui, pois de fato é uma rotatividade absolutamente transcendental o que afirmo com convicção, como hiper, ultra, metafisicamente, ENIGMÁTICO? Notaram que palavra fantástica eu achei agora para definir?

Ufa…

E continuo trabalhando, produzindo, pois sou um cidadão que precisa cumprir a sua meta de vida: morrer aprendendo, feito todos os meus tutores que ao longo da minha vida me orientaram, em religiosidade, em leituras, em incentivos ( como se investir em cursos qualificados, e muitos deles caríssimos, aí, óbvio, foi para a conta da minha mãe, evidentemente ), e quero registrar mais coisas que poderia, digamos: ofertar.

Artisticamente falando, culturalmente falando, sem bandeiras nem ideologias expostas, por apenas ser um observador nato, eu possuo por exemplo, o perfil inteiro, de toda a minha família RAIZ. Incrível gente, 18 pessoas, incluindo EU, que daria uma série de cinco volumes literários, e que iria levar as pessoas a surtarem.

Mas muitos terão de morrer ainda e eu tenho que estar vivo.

Talvez aos 70 anos?

Sim, eu tenho esse dom, mas não quero me “auto jogar seda” ( expressão nordestina de elogio a si, portanto quis dizer “Ipsi Literis”: me auto elogiar ), pois só vi uma variável e resolvi registrar.

E de repente se chegar aos setenta anos de idade estipulado por mim, um privilégio, tamanho impacto visceral que fulminou o meu organismo. Foi a minha juventude inteira, ao ponto de meu organismo não suportar bebida por exemplo. Bebida para mim hoje é refrigerante, pois tenho hábitos, e se for álcool, é morte.

Sim, não sou mais anônimo, já abri o meu anonimato há anos, sou um alcoólatra, mas abstêmico há anos, e em fase de recuperação, como nós nos definimos: a fase da abstinência.

E o milagre está aí, pois consegui me equilibrar a apenas seis anos e meio.

Parece pouco?

Portanto quero correr atrás do tempo perdido, quero evoluir!!!

E que fique então este registro.

Para fechar o que queria dizer sobre o meu “clic” Artístico, visual, e experiente, de um artista assumido, por se assim não o assumir, vou dizer que eu sou o que?

Gente, nas minhas redes sociais só entra cultura, e é isso também que queria dizer.

Eu lancei para a Imprensa Pernambucana o “Manifesto do Expessionismo Pernambucano”, datado, assinado e reconhecido firma, pois o que escrevi decidi ser digno do tal, e joguei para ganhar, pois só jogo para ganhar! Agora se eles entenderem e comprarem a pauta, eu não sei? E fui mais além, incluí todo o meu trabalho na categoria do “Expressionismo Pernambucano”, pois ele é complexo, mas facilmente entendível

Gente, eu tento, mas sempre tentei culturalmente, e sempre, na minha vida inteira, jogar para ganhar mesmo, mas também vou à nocaute algumas vezes, tenho que admitir.

Lá atrás, fui convidado para concorrer à Academia Pernambucana de Letras. Pow gente, recusei mesmo, para mim foi um INSULTO! Pois percebi na mesma hora que era armação política familiar, e a resposta foi: “não tenho qualificação para isso.” ( só três livros ainda? )!

Nenhuma resenha literária de nehum dos 3 nos Jornais?

E é agora que nunca mais quero entrar nesta parada mesmo.

E essa é mais uma do meu Arquivo Confidencial que deixo aqui registrado.

Pronto, saiu, contei!

E contei um dia para uma pessoa, e ela sabe. E ela ficou incrédula, nunca entendeu? E eu igualmente não entendi o porque do fato de ela não ter entendido, sabe?

E depois de 10 dias ouvindo música Clássica, finalmente coloquei outra pasta: Rock Clássico!

E, como prometido em textos anteriores: VENCI A QUARTA DERESSÃO!!!!

Agora?

Dando risadas e gargalhadas…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s