Vibrações cósmicas

Dias de entusiasmo esses.

Só agora, mesmo no feriado, que acabei os trabalhos obrigatórios, e ainda aqui, com o meu pequeno computador ao lado, aquele que hoje não podemos deixar de tê-lo.

Sim, ainda tenho que estar atento a notificações pontuais que irão acontecer.

Um wathsapp importantíssimo para o amanhã, ou seja, sexta feira, para eu poder antes de dormir, agendar tudo que ainda irei fazer no dia seguinte.

Bem, vou logo dizendo que consegui capturar esta bela imagem gráfica, no meu ponto de vista ocular, e que quero transmitir através dela: beleza.

No meu conceito de entendimento.

Pois estou tão satisfeito em ver as coisas acontecendo realmente. E coisas muito importantes, e a cada vez mais, aparecendo novos trabalhos, e eu tendo que encaixá-lo na minha já lotada agenda.

É evidente que trabalhar traz satisfação.

E eu estou muito satisfeito. Nada melhor do que estar de bem com a vida.

A serenidade…

A partilha.

Paz e amor gente.

Já falei que venci a iminente quarta depressão, e agora para mim é só alegria mesmo.

Sim, é momento de espera, e saberão que na hora certa, aqui neste Blog, farei a divulgação de um evento que diríamos, para não entrar em palavras superlativas: elegante!

Ouvindo Rock Clássico agora, como eu gosto, sozinho. No silêncio da comunicação entre pessoas, mas na serenidade de quem sabe que tudo está pronto.

Bem, mas isso ainda é mais tarde.

Acabou de tocar Ozzy, pow, como eu adoro esse cara.

Autêntico!

Visceral!

Romântico?

Na minha juventude me apaixonei perdidamente por uma pessoa, e sofria o seu recuo às minhas tentativas de aproximação, escutando uma das dele, daquelas lentas, de amor, com letra ultra sensível.

Por isso Ozzy é fenomenal.

Sim, o Iron Maiden: a banda predileta!!!

E que também tem letras excepcionais, e até profundas e complexas demais.

E sei pois um dos maiores vocalistas da estória do Rock, e o meu predileto, é justamente Bruce Dickinson, que além de esgrimista, aviador, e tantas outras coisas deste MITO, ainda tem graduação em História.

E o nome do meu filho é Bruce!

E quando perguntam se é em alusão ao Bruce Wayne, tenho sempre que explicar que não. Pois bem, portanto ele é um excepcional letrista, e as músicas do Iron às vezes tem 16 minutos de duração, com estórias fantásticas, uma verdadeira aula de História, complexa e a letra foi de quem?

Ok, o Steve Harris, faz os arranjos, mas o Bruce as encaixa nos belos arranjos de Harris.

E os fãs da banda sabem muito bem disso!

E tem vários.

Voltando ao silêncio, estou tentando dosar o tempo, porque este feriado destruiu de vez.

Mas consegui contornar tudo mesmo.

E agora é só relaxar, sem hora para dormir, LIVRE, PORQUE LIBERDADE PARA MIM É TUDO!

EU SOU UM HOMEM LIVRE, ENTENDERAM?

Então agora é só entusiasmo e energias positivas. Vibrações cósmicas, ou do jeito que vocês queiram entender.

Eu estou em paz comigo mesmo, e é isso que importa.

Aleluia!

Amém!

Assim Seja!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s