O som da metrópole

O som da metrópole ecoa em meus ouvidos agora. não existe trilha sonora, pois acabei de detectar que todos os músicos em todas as suas gerações, em todos os seus estilos musicais, sempre falaram de coisas para derramar lágrimas, seja de beleza pela letra, melodia, na melancolia e sofrimento.

Portanto decidi desligar tudo, não tem trilha sonora, apenas ouço o barulho dos meus silenciosos teclados, dos ônibus, carros, buzinas, da metrópole.

Nenhuma música!

Nem o canto dos pássaros?

Pois a metrópole já os jogou em cova rasa…

Mas de que importa, se isso que estou digitando agora, se diz respeito a mim.

Eu, dentro da minha infinita introspecção, mato a coisa que mais me inspira: ouvir música.

De certa forma o som da metrópole pode parecer uma sinfonia de latas de alta tecnologia, pode parecer o barulho do caos do Metal, ou simplesmente apenas o som da metrópole.

É nele que me embalo agora, porém este é o silêncio máximo e absoluto que consigo agora, neste exato momento…

As abstrações estão contidas em palavras digitadas de um laptop para o mundo, pois tenho uma boa memória fotográfica, e sei bastante que falei da tecnologia ofertada no último Post, o mote, onde na introdução já menciono o fato da tecnologia da tv à cabo, que me oferta a pasta musical.

As 24h de música em meus ouvidos.

Sim, a música da metrópole…

É esta agora que eu estou escutando, a sinfonia, o guitarrista, o vocalista e demais membros de uma filarmônica qualquer.

Até porque nesta minha metrópole, os sinais são sincronizados…assim como as notas musicais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s