Questionamentos…questionamentos…

De onde se brota a inspiração?

Das belas artes gráficas que emolduram os meus textos?

Talvez ela já esteja incorporada como tatuagem?

Fiz há uns 10 dias atrás, 3 ou 4 experiências com psicografia.

Parei.

Narrei apenas o ocorrido, e de certa forma tirei minhas conclusões, misturadas com raciocínios de Posts posteriores, onde acabo de poder concluir também que a psicografia pode ser o pensar depois do escrever, ou digitar?

Talvez?

Não me questionaram sobre o meu tempo, e se eu esteja agora exercitando um novo teste em digitar antes do pensamento chegar?

É o que estou fazendo…posso presumir que possuo habilidades paranormais?

Posso eu achar que essa é a prova do metafísico ou talvez da rotatividade da cabeça de um portador de inúmeros transtornos neuropsiquiátricos?

Evidentemente que eu refito demais sobre tudo…nem estou escutando música…vou soltar…estava no mudo: Lounge.

Esta é a pasta mais adequada para estes padrões dos meus textos ultimamente, já saí da vibe de música Clássica há muito tempo.

Bem, acabo este Post pelo fim, do que era modelo padrão eu iniciar dizendo o que estava tocando.

Aqui, eu acabo, contando o que começou a tocar.

E não tem hora para acabar…

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s