O paradoxo do improvável

E de pensar que eu pensei que tudo seria…que tudo seria cheio de berros e alegria…festa…energias trocadas,…diálogos…uma visita?…será mesmo que é tão difícil socializar hoje em dia?

Ok, vamos continuar sonhando, um dia eu tinha uns vinte e cinco anos, e bebia frequentemente numa barraca numa na praia de Candeias, e o dono da barraca, um cara organizado, clientes fiéis, amizades se formando, me disse: você é Autista.

Depois li a respeito disso em um dos meus seguidores, e como tenho TDAH, não lembro seu nome, e por diversas vezes, ele curte um Post meu, e sempre eu leio um dele.

Descobri isso em mim?

Mais um transtorno neuropsiquiátrico que eu tenho de administrar?

Eu não gosto de gente mesmo, de contato, de mesas de bar (só quando eu bebia, estou há seis anos e meio abstêmico), de multidão para shows, shopping, fazer compras.

Por mim eu ficava sempre na frente desse laptop digitando em constância.

Porém não faltaram convites, mas de fato quando resolvi me arrumar para sair, e coloquei os pés na rua, senti um calor imenso e um peso fenomenal no convívio, o barulho de vozes, acabei indo até a banquinha, e fiz a minha reposição “tabagística.”.

Olha, quer saber, eu gosto de receber pessoas em casa, e nas vezes que isso acontece, nem sempre por dentro é exatamente como eu esperava, e  pessoa se vai, e a reflexão vaga pelo ar…

Não, prefiro ficar só, do que conviver com abutres indomáveis, pessoas de má índole, pois digo: A HUMANIDADE NÃO PRESTA!

Talvez seja um exagero da minha parte, por apenas eu ter recebido bullying desde os 4 anos de idade, depois o preconceito velado, e agora dificuldade de relações com os queridos?

Sim, tenho que admitir, as minhas emoções estão parcas, cansadas de tanta solidão…e é da solidão que vem e que brota a mina fonte de inspiração.

Estou apto a refletir durante muito tempo por aqui mesmo, esta interação virtual é a que me atrai mesmo. Até com amigos, gosto de abrir câmera do que estar presencialmente.

E às vezes isso acontece, e de um lado eu perambulando pelo meu apartamento, e do outro lado uma pessoa com uma garrafa de uísque, com a mesa cheia de petiscos…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s