Em carne e espírito

Depois de quase embarcar em uma nave espacial, resolvi voltar, pedi carona de volta de onde eu estava.

Foram séculos esperando este momento, talvez milênios, mas a visita aconteceu, como lá no passado, onde a pedra fundamental foi cravada na fonte da inteligência, e ela brotou, germinou e virou luz.

Mas teve esse reencontro, e o privilegiado fui eu.

Já disse que posso ir onde ninguém consegue, a imaginação fértil de quem digita, é capaz de me levar a lugares estranhos, questionáveis em relação ao renascer.

Acho hoje que renasci mais um dia, mais um dia com essa dimensionalidade constante, onde ponho em prática até o meu sistema circulatório de resistência,  resistência física, resistência de LUTA.

Um dia, quando tinha quatorze anos, eu vi um objeto muito estranho no ar, mas não só fui eu, morava num bairro que era cheio de mato, as pessoas diziam que nós nos escondíamos, hoje o bairro é completamente valorizado.

E naquela época, foi uma gritaria geral, só se ouviam vozes, pessoas entrando em pânico, e eu só vislumbrando.

A nota oficial da Aeronáutica, foi a de que se tratava de para quedas luminosos, mas eu não sei não, até porque no colégio outros viram, e foi assunto dissecado entre mim e um outro mais chegado.

Agora eu falo: se de fato eu vi algo diferente do que foi dito, e ele aparecer de novo, mais uma vez eu não terei o mínimo medo, e a vontade é mesmo a de embarcar.

Como posso estar mais seguro que dentro de uma dessa aí da arte gráfica?

Desde a adolescência a rebeldia me acompanhou, onde até me recusei a dançar a tradicional valsa de 15 anos com a minha irmã mais nova.

Todos de branco, e eu completamente de preto.

Tenho até foto histórica deste dia.

Portanto gente, agora mesmo, com convicções formadas em décadas de estudos, e ainda mais, experimentos, não posso acreditar de fato que somos os únicos, não é?

No dia do Contato, tenho certeza de que estarei preparado.

Eu não fui a lugar nenhum como disse no começo deste Post, apenas a minha imaginação foi.

Mas acho que hoje de fato quase que fui para outra dimensão, só tive a certeza de que não havia ido agora.

Mas quero ir….um dia…em carne e espírito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s