Sã e convicta

Na verdade quero mesmo é digitar na madrugada virtual. Digitar o que vem na minha sã e convicta percepção. Estou na música Clássica, evidentemente.

Dukas

Esse nunca tinha ouvido falar…mas seu som, hora letárgico hora elétrico, me faz pensar o que uma guitarra distorcida faria com esse arranjo musical.

É de se tirar o chapéu para esses notáveis, mas a música tem nome: “O Aprendiz de Feiticeiro.”!

Mas é a Sinfônica de Londres.

Nem vou colocar no Google para saber detalhes desse cara, se quiserem estou dando os créditos para vocês colocarem.

Quero só ver o sol raiar, quero o dedilhar dos meus teclados ecoar como uma identidade singular, pois nada neste mundo mais rouba a minha felicidade.

Feliciade por estar aqui nesta madrugada com vocês.

Felicidade por vivermos hoje nas Ocas da Aldeia Global.

E o feiticeiro e o cacique são os meus visinhos, oras.

É papo de uma cabana para outra.

E sempre levo o meu “holografter” aqui, pois os cálculos quânticos tem que ser equidistantes om a minha realidade, e sentido paradoxal ao meu Delírio Místico.

Cósmico!

Atômico!

Virtual!

Energético!

Visceral!

E assim continuo a perpetuar a minha proposta de rotina orgânica dividida em “frames.”.

48h acordado, 7 de sono, mais 48h.

A agenda logo mais, começa apenas, logo mais…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s