Seria a transição para o verde?

Bem, acho que saí da transição do azul.

Cheguei aí, no verde amarelado, com tonalidades turquesa, e ótima observação ocular das transitoriedades das cores e o ato do dimencionamento cerebral.

The Byrds sempre foi uma boa Banda musical. A pegada deles é amena, suave, os caras possuíam talento de compositor.

É o que acabou de tocar agora, pois emendou um Bon Jovi, mas de fato pouco importa a pasta musical, vamos falar das transições das cores.

As cores sim, elas podem dar o real sentido do comportamento, do energético, do seu corpo, das rotações, não só visuais, mas do introspectivo.

Vamos por parte.

Lembro-me que estava no vermelho, e mudei para o azul. Achava que viria o amarelo, e agora acho que essa transição deu nisto aí, da Arte Gráfica.

Os olhos sim, sempre presentes, pois está nele a força da Semiótica, e eles estão observando através dos meus, o que estão aí me lendo, sim, vocês!

Está aí a mutação e a rotatividade, está aí a teoria do Cósmico, energético e espiritualizado, do Metafísico experimento com o seu dimensional.

Aquelas coisas que digito e muitos não entendem ou nem sequer param um pouco para ler…

Eu acredito demais que a relação do mundo com ele mesmo, levam parcos seres a interpretarem erroneamente as inconstâncias das pessoas.

Mais uma vez na tecla do preconceito velado.

Eu continuo os sofrendo sim, mas o que importa é que ele está para comigo, e o rebato com muitos senso de profundidade na dor recebida.

Diríamos: REBATO FORTE!!!

Afinal, nessa transição, estou me achando mesmo no verde, pois a magia do Beethoven, invadio o meu lar.

Como se vê, estou na mutação das cores e tons, e das pastas musicais tampém.

Isso é um ciclo e um elo interligado, eu apenas preciso captá-lo na minha mente.

Vamos ao depósito de tonalidades, pincelar as cores com a dos vegetais, que são multicoloridas, como a dos pincéis e máquinas que deixam pigmentos na pele.

E a rotação extrasensorial é fantástica mesmo…estado em ebuloção, implosões severas no “eu” introspectivo.

E o resto, para mim, é só banalidade…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s