Os sonhos

É bastante promissor para mim estar exercendo esta função lítero-virtual, pois acho que estou chateado do papel.

O papel voltará, sempre. Nada melhor que folhear um livro, é sempre importante para se sentir até o seu cheiro.

Aqui as coisas não possuem odores, mas levam também à sonhos.

Sonhar é preciso para se obter a capactação exata de onde se quer chegar, o atingível.

Porém sei demais que todos os que me acompanham sabem que eu tenho um certo dom para determinadas coisas.

Eu engulo o mundo para ele não me engolir.

E isso é bastante prático, pois não vamos nos esquecer que a vida é feita de abutres que gostam de carniça.

Mas eu não a sou, muito menos serei.

Minha passagem, a para o outro lado, já tem hora marcada.

Espero deliciosamente por ela…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s