OBSERVER

Olho, observo, vejo as coisas, me limito ao ilimitável. Pois sou sabedor de situações até de certo ponto metafísicas.

Observo a evolução dos meus Posts, vejo o quanto eu mudei o rumo da minha literatura nos últimos meses.

Mas a coisa é essa mesmo, vejam que comecei a digitar, música Clássica, e estou numa boa aqui, apenas testando habilidades sensoriais.

Sei quem sou, de onde vim, e sei os meus objetivos e meus destinos. Digo meus, pois hoje somos uma famíia sólida, que joga junto até as últimas consequências.

Observo as tonalidades totalmente mudadas, já entrei nas mutações das cores, já passei por momentos de adrenalina pura.

Acho que muitos me invejariam por ter vivido uma vida como eu vivi, intensamente, bilhões de perfis literários eu possuo.

Muita gente tem que morrer para eu escrever uma trilogia familiar complexa e bastante interessante.

E óbvio que isso vai acontecer.

Não sou espectador de nada.

Sou o OBSERVER do MIRC, sou o cara que possui calor no sangue, e sou uma pessoa que pinta até meus róprios retratos, aliás, eu possuo bilhões de retratos meus.

Portanto acho que vou tirar uma fotografia de um livro que ando dando umas pinceladas oculares, para colocar na Arte Gráfica deste texto.

Deste Post, porque não assim dizer?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s