Rejoice

Volto para mim como cidadão crescido.

Tenho algumas virtudes, mas muitos defeitos.

Vivo uma solidão acompanhada, mas está aí o maior de todos os meus tesouros.

A minha rotina é tudo o que me faz soberano de mim mesmo.

Tenho andado com alguns conflitos existenciais, de identidade própria, de transição pura.

Uma vida sequenciada em Frames.

Interessante observar que a minha frequência é uma sequência de habilidades com as quais tento desempenhar, e acima de tudo, controlar a minha ANSIEDADE.

Sim, ela me mata.

O primeiro Post de hoje vai embalado ao som dos anos 70, e a serenidade de hoje é mantida.

O resto, é detalhe…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s