Divindade vida

Acontecimentos, acontecimentos…

Eles por vezes nos deixam em estado de euforia, outras combalido e nocauteado no ringue.

Mas eu apenas estou aqui na tentativa inútil de escrever o Post do dia, mas acredito que não dê, até daria, mas quero digitar muito.

Muito para as pessoas observarem que a minha mágoa com o mundo não tem limites.

Não entendo certas coisas e nunca entenderei mesmo.

O que se faz uma pessoa herói para si mesmo, não necessariamente seria ser herói para outros, ou talvez outros estejam vendo a coisa errada?

Não nos conhecemos mais?

Não mais nos conhecemos, para ser mais contundente?

Divago, talvez em lamentações, talvez saiba que não estou só, afinal.

Tenho muitas companhias, e elas são espectrais, pois sim, o metafísico anda batendo na minha porta de forma tão acentuada que não sei como consigo ansiosamente aguardar este momento de silêncio.

A madrugada…mas aqui o som é Rock Clássico, e só Kiss acaba de ser executado.

Obrigado Dire Straits, emenda boa, mas nada para me tirar de estado tão cabixbaixo como agora.

Talvez um pequeno enfermo das coisas da vida.

E se um dia a enfermidade chegar, que me leve…suave…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s