Existe a imortalidade?

A transição do roxo para o verde, se deveu a um convite inesperado.

Um grande amigo, que mora perto de mim, ter me convidado para descer e fumarmos um Charuto Cubano, que a mãe trouxe de Havana.

De fato os charutos, por mais influência européia do sangue materno, à irreverência e rebeldia dos víntage, nunca me agradaram.

Mas esse foi muito especial.

E o guardei nos meus bibelôs, o fim dele, como essa grande celebração.

Conversamos sobre a imortalidade, e digo: a imortalidade é o AGORA!!!

É simples, não existe uma só pessoa que possa entender a imortalidade do que os que se questionam, e questionadores lêem bastante, usam seus raciocínios, e sabem bem que o inexplicavél nunca saberemos.

Mas saberemos na primeira pergunta que faremos, se por algum motivo existir vida pós morte, no que eu acredito ser a seguinte: quem sou eu? De onde vim?

As mesmas, agora é “para onde vou”, mas teve estas antes, e talvez numa hipotética imortalidade, terá também!

Esta salada teosófica gosto de desenvolver quando converso com intelectuais.

Este Post, dedico à ele.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s