O eu, de reflexões reais

Se por um momento, vossa senhoria que está me lendo, se sentisse excluído de uma situação que se desdobrou com o tempo, e o tempo é que faz a gente esquecer, esquecer que ele passa.

E os desdobramentos começam a ficar explícitos, tamanha a sua ausência, do fato de você se vê estupefato com o novo cenário que se instaurou?

Uma comorbidade de pessoas que você não conhece mais, ou que conhece até demais.

Sou uma pessoa que valorizo muito a mim, pois eu tenho que acreditar em mim, e eu em primeiro, segundo e milésimo lugar.

Vamos, todos nós possuímos o desejo de conquistar os nossos sonhados mundos, e para se atingir isso, é preciso muito esforço, extratégia, marketing e sabedoria.

Bem, o passado na altura do campeonato passou, e passou a galope, tão rápido que só percebi sete anos depois.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s