O titânico da essência pura

Enquantos os outros estão nesse sol quente, no meio da rua, faço a minha grata programação interna.

Porém, a dignidade de ser espectro vegetal, me faz um cidadão invisível e melado de lama, para os olhos da sociedade.

O concreto e o quadrado, protótipo espetacular para definir esta sociedade, é completamente ignorante e mau.

Muito mau.

Beethoven com sua clássica: “Sonata ao Luar”, me deixa bem tranquilo, dentro de um casulo, um lugar onde as coisas de fato me deixa protegido.

E nessa particularidade, em dias como hoje, prefiro nem sair.

Escrever e escutar música Clássica, combinação perfeita, concordam?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s