A parábola do predador

Divino o explendoroso monumento de gelo onde os peregrinos vão deixar as suas oferendas.

Mas o caminho, a jornada, é cheia de obstáculos, dificultando as pessoas que para lá vão, uma vez por mês, chegarem.

E poucos sobreviem.

E poucos chegam.

O lugar de partida é justamente aquele onde o verde predomina, mas os predadores camuflados nele também

A peregrinação é uma coisa grandiosa, poucos são os notáveis que recebem de alguma forma uma peregrinação.

Mas os que atingem, cumpriram divinamente o seu papel no plano terreno.

E esse papel, nós entendemos bem: um em um milhão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s