Ritualístico

Não existe velocidade…o corpo está fraco.

A mente adoeceu.

Não sei mais o que fazer para ser entendido, desde uma simple e maravilhosa Arte Gráfica, até uma alergia que me contaminou.

Mas elas possuem a sua co-relação de fantasia, luzes, monumento e o barco.

Seria o barqueiro?

De fato não sei, meus sentidos estão um pouco voltados para a plenitude do ser.

E se fosse o barqueiro eu agradeceria, logo esse, com pompas de caravela.

Não sinto mais sentido em algumas coisas, não sinto mais o momento de atravessar o rio, muito menos de ser salvador de ninguém.

Sou e preciso ser o salvador de mim mesmo…pois de mim dependo, para que outros dependam.

E isso é muito significativo para a minha consciência.

Deitar a cabeça, no travesseiro, tranquilo, e, enfim, desfrutar de bons sonhos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s