Assombros “bruxulelantes”

“Misolorutibus” – João blas
Aquarela, guache e papel
18×11 cm

Os antipsicóticos foram colocados na boca.

A minha situação neuropsiquiátrica já necessitou antes de benzodiazepínicos.

Vamos para a segunda tentativa…tenho mais duas.

Mas antes de saber ou não se de fato vai surtir efeito, pois há apenas 20 minutos foi que me dei conta do feito, sempre calculo no relógio o tempo, e até o tempo de mais uma dose complementar, se necessário.

Cabeça muito inquieta, com pensamentos “bad”, além de tudo, não vou fugir aos outros tormentos que me afligem.

Reais?

Imaginários?

Na nebulosidade, tento justamente decifrar essa “bagaça” aqui, pois a cabeça alheia que se foda mesmo, não é?

Eu tenho sentimento de dó e gratidão, amor e compaixão, mas me sinto uma pessoa evoluída.

A vida é BAD mesmo!

E assim, vou esperando o tempo passar, na certeza de que sempre estarei por aí: andanças virtuais.

Andarilho sou eu, amante de coisas belas também.

Mas o “inquietante” sempre inquieta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s