Coração selvagem

Desgarrar o raciocínio…hehe…dá vontade de rir.

Como posso desgarrar o raciocínio se estou apenas há 48 horas acordado?

Isso de nada me importa, ele funcionando, as coisas andam bem.

Sou um eterno idealista que rema na contracultura.

Rebelde.

Por que não “espiritualizado?”?

Bem, agora, na velocidade de todos os fluxos possíveis que estão agindo aqui, a parrada é séria.

Não domino onde meus dedos estão teclando, as coisas estão saindo.

Portando o papo é que rumamos de encontro ao inexplicável retorno ao lugar de onde viemos.

Porra, essa pergunta,, “de onde vim, para onde vou”, é ultrapassada.

Eu vim, e eu vou, e ponto final!

Cabalisticamente falando, quero imergir das trombetas dos espelhos que refletem uma tonalidade avermelhada puxada para o amarelo.

E assim, vou clicando, com as minhas retinas escondidas, os signos semióticos que me levam ao delírio pois atinjo mentalmente o ARMAGEDOM.

Chego lá, dou uma passadinha, bato um papo com uns anjinhos bonzinhos, os decaídos, e saio na tranquilidade de que o teritório me pertence.

Música, música para aquietar os meus neurônios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s