O jogo de azar

Nunca gostei de jogar xadrez.

Aprendi, joguei algumas vezes, perdi algumas, ganhei outras, mas na verdade é que eu sempre fui fraco no jogo.

Mas a dama sempre foi a poderosa.

Perdeu a dama, se lascou no jogo.

Mas como eu abomino quaisquer tipo de jogo, por problemas familiares em relação à isso, abandonei.

E ainda chamam de esporte?

Isso é um jogo estratégico.

Resolvi voltar a jogar.

Um amigo vem na minha residência com um tabuleiro, e vamos passar a tarde inteira jogando.

Demais isso, eu gosto mesmo de aprender novas estratégias, e este “esporte” ajuda e muito.

Sem um ciclo definido de sono, hoje acabei por dormir e acordar agora, é o primeiro Post, da madrugada.

Pois ainda é madrugada, 4:12h?

Logo logo um telefonema da República Tcheca.

Adoro conversar com esta pessoa. A “Aldeia Global” está aí para proporcionar isso. Isso e outras coisas mais.

Mas perdeu a dama, perdeu o jogo.

É estratégia, sempre que joguei xadrez fiz de tudo para a proteger, nunca usei ela para atacar.

Atacou: perdeu.

É a dica para quem quer começar este “esporte” que para mim não passa de um jogo de azar!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s