Ciclotímico

Um copo de água por favor?

Barulhos, ruídos, sons que alteram as minhas vibrações energéticas.

E mais uma vez, através da escrita, luto contra os meus fantasmas.

Luto contra eu mesmo, talvez o maior adversário de minha existência.

Mas a água vai refrescar, tudo vai ficar suave…porque acredito que ainda não acabou…acredito demais nos rounds que terei pela frente.

Devo me levar à nocaute, assim, terei me vencido…mas se for à noaute, mesmo me vencendo, estarei na lona do mesmo jeito.

Portanto digito, digito no mais profundo silêncio, nada além de ruídos de uma cidade de concreto.

Me oriento numa planilha estabelecida por uma Psiquiatra, sim, sou mais forte que “eu” mesmo.

Sei que me vencer será difícil, porém me vencendo, me levarei à nocaute do mesmo jeito.

E assim, os fantasmas mal assombrados me negaram este dito copo de água…mas a sede é delciosamente bem vinda.

EU SEI LIDAR COM A DOR!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s