O peregrino chegou na multidão

E assim o peregrino chegou no meio de uma multidão incomensurável.

Lá ouviu muitas coisas ruins, outras boas.

Indiferente a tudo, ele absorveu o necessário para entender que era possível continuar, e sempre.

Pois o peregrino, acima de tudo, manifesta as suas compreensões que são verdadeiramene indigestas.

Mas o peregrino sabe bem de todas as suas virtudes, e elas são de onde ele tirou todas as suas ambições de chegar a respostas.

É muito difícil o peregrino não estar dentro do contexto do seu inventário moral, ele sabe bem disso.

Mas o peregrino entende bem que tudo na vida é uma luta titânica, em todos os aspectos.

O peregrino e seus eternos questionamentos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s