Ondas de calor

As metáforas máximas estão espalhadas por todas as entrelinhas dos últimos Posts meus.

A serpente não representa biblicamente a mulher.

Poderia até, pois é tão fráfil e todos querem a matar.

Mas simbolicamente a serpente está representando o mal que assola a humanidade.

Tenho o meu equilíbrio moderado, e possuo alguns dons e habilidades. São todas de bom gosto, sob o ponto de vista da normalidade normativa.

As normas estão colocadas indistintamente nos universos dos mundos humanos.

E que a cratera e a catástrofe dos abençoados semeadores da loucura estejam perplexos em mentes adversas.

O peregrino sabe mais do que se possa imaginar…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s