Sombras

A força imbatível do questionamento e conflito do querer.

Somos sempre salvos pelo gongo ou dentro, na matriz mineral do gongo, eu me esconda para me salvar?

Pedras para cima, sempre!!!

Monumentos Rapanui (ou Rapa Nui?), sendo erguidos.

Manuscritos para uma combatente milícia imperativa na casusa dos causos.

Imagino-me, com uma metralhadora atirando para todos os lugares, em direção ao céu, sabedor de que errarei todos os alvos…minhas mãos tremem.

O indigesto fardo da vida, nos bem mostra que viver é sobreviver.

Somos o exército das mentes excluídas da sociedade…e que sociedade…como poderia defininir?

Cruel?

Talvez sim, cruel de mim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s