A vontade do: “vomitar”

Escrever que essa “bagaça” toda está uma desgraça, seria a redundância da hipótese do pensar eloquente.

Por partes…

Temos uma bancada evangélica abominável que cresce todas as eleições.

Certa vez, tentando sintonizar numa rádio que não me lembrava a estação, o motorista foi no manual, e passaram quatro rádios até chengar na que eu queria.

Quatro rádios evangélicas.

Foi um alerta imediato para como estão se infiltrando rapidamente nas mentes das pessoas consumidoras do veículo comunicativo.

As implosões eletrônicas!!!

As rádios tem o poder de fazer a totalidade de uma nação a pensar de uma forma diferente.

A rádio manipula, mas também é veículo de resistênsia e de aprendizado.

A informação mais imediata que conheço é a informação da rádio.

E costumo sempre estar escutando uma rádio.

Um resumo de cinco minutos antes de um noticiário esportivo, dá para entender todo o “mix ” dessa nossa situaçãozinha.

Às vezes fico mesmo na melancolia, ou um misto “tri-focal”, para dar um gancho no que escrevo, que seria exatamente: estou com engodo, engodo da vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s