Só AMOR

Ai, esse jargão: “função”, já está me irritando.

Mas o fato é que agora eu não mais estou…estou ameno, pensando no que se passou durante a semana, invadindo o sábado com delicadeza.

Sou sensível a alguns aspectos…sou sensível a situações que me comove, ou simplesmente…sou sensível.

Mas isso não basta, na verdade às vezes ser insensível, é um fator positivo nessa danada da meritocracia, o termo mais popular atualmente.

Mas a minha sensibilidade meritocrática, me faz dono da madrugada, a devoro, a dilacero, faço sexo com a madrugada!!!

Comunhão divina.

Portanto o amor é para mim o antagonismo de meritocracia, pois amor ao próximo, é um sentimento que poucos na humanidade possuem.

Humanidade cruel.

ABSORTO!

Bem, suave, leve, à espera do inesperao, à espera do inusitado…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s