Metáforas e neologismos

Um mínimo instante para o reflexo da mente afirmativa.

Se é necessário malhar o corpo, vos digo que a mente também.

E assim sendo, é de fato necessário que se faça justiça com o seu semelhante, assim como o seu semelhante para ti o fez.

Venho das entranhas do saber, do saber eloquente.

Muitos se indagam sobre o conteúdo das coisas que digito, dizem que não existe fundamento, que eu não escrevo coisa com coisa.

Mas é bom que as pessoas entendam que são reflexões, é filosofia pura.

E que o meu filosofar sirva de questionamento e indagações reflexivas.

Pois o reflexo das coisas que externo, são combinados com a minha materialização do pensar.

Eu reflito aquilo que a minha disposição literária pode produzir.

A produção em massa é feita por mim, partindo do princípio de que os fatores determinantes das minhas escritas digitalizadas, são as minhas impressões profundas da vida.

Portanto bem vindos ao caldo filosófico.

Às vezes até teosófico.

Mas que esse caldo nunca deixe as pessoas sem a reflexão profunda.

Pois vale à pena refletir nas coisas aqui colocadas.

Vale à pena demais entender o que quero transmitir.

E é tudo o que se possa supor na máxima filosófia do pensar absoluto, do refletir em percepções sensoriais ao reflexo de que a vida transborda com metáforas e neologismos.

Com codificações que refletem a mais pura melancolia reflexiva.

Escritores são solitários, são perceptivos, extravasam as suas angústias. Eu aqui, extravaso as minhas, para que apenas alguns possam captar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s