A mediocridade do 0 ou 1

Colaboração: Felipe dos Santos

A dualidade é um equívoco impressionante, que permeia grande parte de nossa humanidade. Como se a vida se resumisse a situações predefinidas A ou B, sem que pudéssemos escolher um pouco de A e um pouco de B.

Não podemos esquecer que entre o “zero” e o “um” existem uma infinidade de números: 0,1; 0,2; 0,3; 0,31; 0,312; 0,3123, etc.

Da mesma forma, entre duas opiniões diferenciadas, existem milhares de percepções quenão necessariamente se limitam aos posicionamentos A ou B, e há a possibilidade de haver combinações entre elas.

Persistir no A ou B nos mostra o quanto estamos despreparados para a vida que é repleta de diversidades. E pior, o quanto deixamos de aproveitar desta vida, presos em nossa própria ditadura de nossos pensamentos.

Pense nisso antes de mandar seu próximo zap a seu amigo, porque você poderá estar correndo o risco de perder sua amizade por causa de sua intolerância.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s