Dezembro sombrio

As cores manifestam o semblamte estupefato de ordinários seres rastejantes que infelizmente coabitam comigo.

Não no meu teto, mas no meu “metro quadrado” por assim dizer.

São insetos, ratos e vermes!!!

Vou nessa pegada, meu inseticida já acabou, as amarras das situações estão se afunilando, e sou eternamente grato por coabitarem neste espaço que também é meu.

Infelizes são esses seres das profundezas do esgoto, eu acho que nem tenho medo do cheiro e sabor fétido que eles exalam.

Sou da paz, sou da brisa, eterna brisa.

Mas se me perguntarem o que faço, direi…

Estou travestido com um bomba de oxigênio, nem estou sentindo o cheiro fétido deles, não estou muito preocupado com a presença “deles.”.

Talvez meu perfume colorido incomode mais do que eu poderia supor.

Nem um pouco preocupado, sabe?

O inseticida está do meu lado, o esgoto foi de onde eu vim, para depois evoluir, como pessoa, como espírito.

E que fique o registro do meu desabafo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s