Os da tarde

Uma maratona lterária começa cedo.

Por vezes, varei a madrugada digitando.

Mas digitar de dia também é muito confortável.

Muito mais praserozo que se possa supor.

Os registros da digitalização do dia, são completamente aceitáveis, pois as pessoas estão acordadas, e o feed é instantâneo.

Gosto demais da literatura digital, a virtual.

Aqui, na frente do meu laptop, vou decarregando literatura, e sublimemente, vou acompanhando as pessoas darem suas impressões dos meus textos.

Por um instante, pensei que o marasmo de outrora, pudesse me vencer.

Mas daqui, de frente para a Linha do Equador, posso revelar os meus devaneios, devaneios digitalizados em fregmentos de textos.

Por si só, ainda pleno e absoluto.

Um dia de cada vez.

Todo dia, sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s