A porra do preconceito!!!

Esta é uma frase emblemática: a porra do preconceito!!!

Diante de tantos fatores chocantes na nossa modernidade brasileira, temos que dizer com ênfase este dito, que parece-me, já foi bastante citado nas entrelinhas.

Uma pessoa nasce na linha da pobresa: puts, lá vem preconeceito para cima dela.

Cidadões invisíveis para a sociedade.

Tem algum distúrbio mental, motor, psico-social, a porra do preconceito!!!

Orientação sexual que foge ao padrão da maioria, a porra do preconceito!!!

Não adianta mais ser diferente, tem que haver a inclusão.

As cotas foram por água abaixo, a porra do preconceito!!!

Pobre não pode mais estudar, e daí me vem à mente o personagem de Chico Anísio, Justo Veríssimo.

Este personagem está mitificado pela atual política brasileira.

Os liberais de ultra-direita não sabem que estão totalmente cegos, assim como em 1933, o povo alemão.

Blocos conservadores começam a se formar no mundo, estamos à beira de vivermos novamente o catastrófico regime de ultra-direita conservador, diga-se, estamos vivendo, de fato.

Particularmente acho isso um perigo sem igual.

Vi um deputado falar de Comunismo, e fiquei estarrecido.

Muito estarrecido.

Não sabem a vitória que representa Cuba ao imperialismo de embargos econômicos americano.

Não é a pobreza de Cuba, são, na verdade, os embargos econômicos por ela sofrido.

E isso vai acontecer na Argentina, não tenho dúvidas.

Se o Brasil não for obrigado a declarar guerra para nossos hermanos, pois um país pacífico, de repente está pra lá de belicoso.

Denúncias no planalto, dentro de um tal seio familiar, miliciano, que está no poder.

E o quarto poder nada pode fazer, pois pelo que me consta, a imprensa de bandeiras agora está completamente comprada.

Estou aqui vendo o real significado de 2019, e acredito que é catastrófico, o ano que teima em não acabar.

Não acaba, de fato.

Como bom apocalíptico que sou, acredito que vão se passar muitos anos ainda, muitos vão morrer e nao vão poder ver a quebra deste bloco nazi-facista.

Sim, uns 30, 40 anos?

Sim, talvez sim.

Comunismo virou palavra proibida agora.

Marx um déspota.

O Capital é um livro fantástico para os milicianos.

Ministro da Justiça, da Economia, todos travestidos com a bandeira americana, esta mesma bandeira, o da vergonhosa continência.

Não, não posso parar de raciocinar, esta retrospectiva está sendo de arrepiar.

A porra do preconceito, ele, o pior de todos, a catastrófica realidade brasileira.

Sabe, nem quero saber do resto do mundo, a minha preocupação é real, é brasileira, é aqui mesmo, no país tropical, abençoado por um Deus branco, e bonito por natureza.

A fé inabalável de outrora, dá razão ao fundamentalismo religioso, a do congresso.

Ataques ao segmento da imprensa esquerdista brasileira.

Grupos ultra-nacionalista assumindo atentado.

A porra do preconceito!!!

Realmente não sei, de verdade, onde vamos chegar.

Sofro, sofro na pele, a porra do preconceito.

E que este ano acabe logo, chega logo revellon, mas chega encharcado de bebida, quero aliviar um pouco a minha mente, combalida pela porra do preconceito!!!

Preciso anestesiar tudo, tudo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s