A qualificação da nova frequência

Com uma nova identidade visual, fico mais confortável em digitar.

Palavras soltas ao vento, palavras soltas ao ar.

Meu “eu” introspectivo é mediúnico, poderia afirmar que por um momento havia escutado a palavra hospital, e perguntei pela mãe de um amigo.

E ele me falou que ela estava no hospital. Eu disse que ele havia me falado antes, mas ele me negou ter dito.

Portanto eu espiritualmente advinhei que ela estava de fato no hospital

Fiz uma oração para ele, e conversamos por mais de meia hora.

Nos lembramos de coisas belas.

Depois entrei em contato com os mais próximos, pois ela mora no interior de São Paulo, e comuniuei o acontecido.

Acredito que um “help” chegue lá em breve, todos a amamos muito.

De fato considero muito misterioso esses lampejos sobrenaturais meus.

Consigo me comunicar com os espíritos, de fato.

E a minha rotação é touréttica, assim como outros que conheço, que possuem o mesmo distúrbio neuropsiquiátrico meu.

Nós nos entendemos perfeitamente.

Um amigão meu, meu “braço”, do Rio, me entende perfeitamente, nós giramos na mesma rotação.

E que eu deixe o registro aqui.

Registro de uma mente inquieta, que vara madrugadas, que chega atrasado, mas sempre chega na frente, espiritualmente falando.

Assim seja! Amém!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s