Amor, serenidade e paz

Alívio para o meu conração tão intransigente, que cultuava dores físicas e psicológicas.

Inadvertidamente, um ser que sonhava além da própria compreensão, que ficava vendo milhões de cérebros espalhados ao chão.

Uma vez, me perguntei do alívio de uma dolorosa paixão, e percebi que por vezes isso demorava anos para acontecer.

A mendicância afetiva sempre esteve presente na minha vida.

Posso saber que na vida tive várias paixões, e sofri em demasia.

Mas já na maturidade, eis que uma máxima que me disseram: existe alguém para você…e existia, e isso de fato ocorreu.

Tirando o afirmativo possessivo, pois na verdade nada pode ser imperioso nos padrões de afirmar que existia uma pessoa para mim, na verdade existia um destino para mim.

E nele me agarrei, e nele estou até hoje.

De fato existia uma situação para mim, e nela eu acredito que possa viver uma eternidade física.

Hoje eu encontrei a maturidade.

Hoje eu estou calmo e sereno, com o coração cheio de paz.

A paz tão procurada, que parecia infinita e distante.

Mas ela chegou, e sou uma pessoa muito tranquila em relação à vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s