Porcos e farelos

Poderíamos confraternizar a vida com porcos que chafurdam na lama.

Seria mais apropriado, pois os porcos estão sempre no esterco, e dele não quero mais sair.

Os porcos indigentes que habitam o meu nefasto mundo, são a apreciação clara e evidente de uma vida bad por essência.

Quero os porcos todos reunidos, darei um belo churrasco.

Comerei as suas costelas, mas antes, é claro, irei chafurdar com eles na lama.

Sou lobo insaciável à procura de alimento e aventura, sou espécie rara.

E por demais abastado do delicioso sabor de sua gordura, quero me abrigar no calor que ela me dará.

Porcos imundos habitam o meu mundo, e estão corretos em me temer.

Pois sou o seu algoz.

E tenho que matar a minha fome.

Urgentemente!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s