A fé da criação

O mundo e seus argumentos.

Da argumentação ao firmamento.

Pode-se atribuir a fé ao agouro dos infelizes e cegos pela fé.

Ela é inabalável, e muitos pregam a mesma, na sagacidade de se obter dividendos futuros.

E de nada valeria obter o passaporte para o céu, se não fosse descontado dos seus dízimos e das suas conquistas pessoais.

Mas os desígnios da fé inabalavelmente cristã, está na retórica de Cristo, desencarnado e reencarnado, depois da pereginação da cruz.

E para se ter a união das forças divinas, mesmo para um ateu, seria humanamente impossível sem que não houvesse a união de todas as crenças.

O ateu é a negação daquilo de mais importante na sua vida.

Portanto a sua fé é contramão, mas não deixa de ser fé.

E dentro de uma conspiração de elementos da fé, se tem a razão de todos os questionamentos sacros.

Uma cruz é elevada aos céus, todas as vezes que a fé é contestada.

Mas os elementos da inabalável criatura, é saber que o criador o fez na sua imagem e semelhança.

Por isso tudo, oremos mais e mais vezes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s