O Colecionador de Baleias

Rômulo César Melo

Caiu na graça divina das minhas mãos, este performático livro de contos, do escritor pernambucano Rômulo César Melo, CEPE editora.

Foi um dos três finalistas do prêmio Lima Barreto do Rio de Janeiro.

Deslizei entre dores e saudades, entre espasmos poéticos de espanto, como diria no conto “Penúltima Arte”: “parla, parla…”, e a sua Monalise era uma obra de arte, tão morta como a natureza humana.

Pois a morte e a separação, o desgosto escatológico que retratou Rômulo nesta fantástica obra, tem muito haver com nossos conflitos interiores.

Introspectivos!

Não seria leigo em afirmar que o escritor teve os seus momentos de perturbação, tão humana, tão sagaz.

Auspiciosa nos nossos entrelaces com a definição da partida, do reparo, da perda, de tantas outras coisas dos bruxulelantes caminhos da nossa introspecção.

Como me disse antes da leitura, que alternava lirismos com humor e muita violência, Rômulo quase que deixa perecível que seus tormentos são externados em um bloco de notas.

Um grito de liberdade aos caminhos tortuosos de uma talvez “pós depressão”, tão perturbada é este estado de patologia clínica.

Perdas!!!

Muitas perdas são retradadas nos contos, que se formos analisar com o lendário Edgar Allan Poe, e seu clássico “O Gato Preto”, daqueles que em cinco minutos acaba, foi assim a deliciosa leitura de “O Colecionador de Baleias.”.

Trafeguei por contos e dores, muitas dores, mas confesso que ao final, me perguntei: onde vai de fato a racionalidade humana?

Que fique o questionamento para cada cabeça pensante, a de Rômulo sei bem, nas seis balas de um trina e oito, todas atiradas para o um imaginário literário!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s