Vida vida

Imperiosa vida de amante da vida de vivente da vida incorporando a vida nada mais que vida.

Indiferente ao rotineiro e entediante rumo da maré mansa, o singelo e apocalíptico sistema de vivência plena, desenvolve rastros de destruição da amargura da vida.

Tantas vidas sendo colocadas em xeque, tantas rotinas sendo estragadas por simples lampejos de vida.

Vivendo a destruição da vida, terrena e entediante vida, que faz todo o sistema intergalático procurar por vida.

Apenas um encantador e milenar sistema de vida, poderia sentir os prazeres que a vida dá.

Quero sonhar com vida, quero sofrer pela vida, quero ser o peregrino da vida.

E vivenciando todos os aspectos singulares da vida, sentirei vida pelas entranhas do meu desejo não consumado da vida.

Vida para ser vivida, e para ser desgastantemente entorpecida de vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s