A retórica da ressocialização

Se eu pequei, eu reconheço. Me perdoem.

O pecado é a simbologia do não convencionalizado em uma sociedade.

Eu sei, sim eu sei que pequei.

E várias vezes, preciso sair desta penumbra que me cerca, por eu ter sido tão infantil nas minhas escolhas.

E a vida se apresenta como uma platéia, um palco para eu subir, aos berros implorar pelo perdão.

Por eu ter sido tão diferente.

Por minhas atitues não terem sido convencionais, fugi da padronização estética?

Preciso de ressocialização, sim, mais do que ninguém.

O perdão social, mais do que nunca, para assim, poder continuar na minha estrada, cheio de emoções, o perdão guardado no peito.

Com amor, para todos que me cercam.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s