Divergências da mente

Inadvertidamente, sou consciente da minha atual loucura.

Ela puslsa, é perturbada, me deixa na cama.

Estou fraco, desejo a vocês que ninguém sinta o que eu estou sentindo, levantar todos os dias para mim é tarefa difícil, muito difícil.

Nada de inédito posso revelar, não sei qual é o exato momento que meu cérebro desperta para a vida, mas é bem depois do acordar.

Sigo a miha rotina, estou inerte perante os fatos, estou desproporcionalmente alienado com a ruptura de raciocínio.

Cheguei a surtar, a deletar muitos textos que havia postado, e não sei o porque.

Essas situações são por demais complicadas.

A evasiva espiritualidade que há em mim, distribui algumas transgreções da calamitosa vida que eu estou inserido.

Não possuo a máxima da sabedoria plena.

Estou bastante carente do conflito existencial, maculado pela intolerância alheia.

Este post é reflexivo.

Vai para a página: TOURETTE: POR GIBA CARVALHEIRA.

Quero dividir minhas angústias com portadores e familiares.

Tenho dito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s